ATIVIDADES ASSOCIADAS

Debate Cultura DF: múltiplos diagnósticos

Data: 03/09, às 15h

Local: Auditório do Museu Nacional

Nesta edição, o Cena Contemporânea se coloca também como palco para a discussão de políticas públicas no contexto da cultura local. Governo e lideranças da sociedade civil se encontram para compartilhar e debater múltiplos diagnósticos a respeito do desenvolvimento artístico e cultural do DF. Desafios, estratégias, utopias e urgências são colocados em jogo sob uma perspectiva colaborativa e dinâmica. O debate é organizado pelo Fórum de Cultura do DF.

PEQUILA DE CALLE COM FELIPE CORDEIRO (PA)

Festa oficial do Cena Contemporânea

26 de agosto, a partir das 22h

Setor Comercial Sul – Beco entre as quadras 3 e 2

Ingressos a R$ 20

Uma das mais conhecidas festas da noite alternativa brasiliense, a Pequila ganha edição especial no Setor Comercial Sul. O cenário providencial é parte de um grande movimento empunhado pelo Coletivo Labirinto, com pretensões de ocupar e revitalizar a região, que há tempos andava sem vida noturna.

Criada por Elô Barbosa, a DJ Pequi, a balada tem excelente seleção de repertório latino e promove uma divertida mistura entre a bebida típica da América Central, a Tequila, e a fruta mais conhecida do estado do Goiás, o Pequi. Além dela, a festa programa o DJ Emídio e Felipe Cordeiro, um dos mais virtuosos guitarristas brasileiros e compositor de excelência, que se apresenta em formato Live P.A. (DJ set, voz e guitarra).

O repertório autoral de Felipe é bastante conhecido no país, em faixas como “Ela é Tarja Preta” e “Legal e Ilegal”. O sucesso do cantor veio nos dois álbuns lançados em sequência: “Kitsch Pop Cult” (2012) e “Se Apaixone pela Loucura do seu Amor” (2013). Seu terceiro disco será financiado por meio de crowdfunding e está em fase de pré-produção.