HÁ MAIS FUTURO QUE PASSADO – COMPLEXO DUPLO (RJ)

Foto: Chico Lima

Foto: Chico Lima

Qual é o lugar da mulher latino-americana na história da arte? Esta pergunta inspirou o espetáculo, cujo subtítulo é ‘Um documentário de ficção’. A obra procura jogar luz sobre a vida e obra de importantes artistas latino-americanas cujo legado não chegou ao grande público, a partir de uma pesquisa histórica de fatos reais, obras e experiências de artistas latino-americanas dos anos 1960, 70 e 80. A peça faz uma crítica à história oficial, ao poder que as narrativas da “verdade” têm sobre a visão que temos do mundo e sobre os lugares que nele ocupamos.

DANIELE AVILA SMALL – é doutoranda em Artes Cênicas pela UNIRIO, Mestra em História Social da Cultura pela PUC-Rio e Bacharel em Teoria do Teatro pela UNIRIO. Autora do livro O crítico ignorante – uma negociação teórica meio complicada (2015) e da peça Garras curvas e um canto sedutor (2015). Foi diretora artística do Teatro Gláucio Gill em 2011 e 2012 com Felipe Vidal na Ocupação Complexo Duplo, indicada aos Prêmios Shell e APTR na categoria especial. É idealizadora e editora da Questão de Crítica – revista eletrônica de críticas e estudos teatrais (www.questaodecritica.com.br), integra o coletivo Complexo Duplo e a DocumentaCena – Plataforma de Crítica.

A Cia Complexo Duplo foi criada em 2010, por Daniele Avila Smal e Felipe Vidal e desde então já produziu oito espetáculos.

Dramaturgia: Clarisse Zarvos, Daniele Avila Small e Mariana Barcelos

Direção: Daniele Avila Small

Elenco: Clarisse Zarvos, Cris Larin e Tainah Longras

Participação em vídeo: Carolina Virgüez

Criação: Clarisse Zarvos, Cris Larin, Daniele Avila Small, Mariana Barcelos, Tainá Nogueira e Tainah Longras

Direção de produção: Fernanda Avellar

Direção de movimento: Denise Stutz

Cenografia: Elsa Romero

Iluminação: Ana Kutner

Figurino: Raquel Theo

Trilha sonora: Julia Bernat e Laura Becker

Violão, guitarra, gravações, edições e mixagem: Felipe Fernandes

Identidade visual: Clarice Pamplona

Assistência de direção: Mariana Barcelos e Tainá Nogueira

Vídeos: Daniele Avila Small a partir de imagens de arquivo e do processo de criação

Costureira: Nice Tramontim (cenário) e Ione de Farias (figurino)

Bordadeira: Paula Miranda

Cenotécnico: Maranhão

Realização: Trestada Produções Artísticas e Complexo Duplo

Idealização do projeto: Clarisse Zarvos e Daniele Avila Small

 

Realização

Patrocínio

Apoio

Incentivo e fomento

Este projeto é realizado com recursos da Lei de incentivo à cultura do Distrito Federal.