PARA MAHAL – COLETIVO TOMBADO (DF)

Foto: Andrés R Marin

Foto: Andrés R Marin

Para Mahal é inspirada na obra Tu não te moves de ti, três novelas inter-independentes de Hilda Hilst. Tadeu da Razão nos apresenta um bem-sucedido presidente de empresa, ocupando um cargo desejado por qualquer pessoa que segue a lógica do capital. No entanto, ao chegar aos 50 anos de vida, 30 de casamento, passa a rever seus valores, a questionar a existência e a vida de aparências que leva ao lado de Rute.

Matamoros da Fantasia, relata a trajetória de Maria Matamoros. Ela é puro sentido: visão, audição, olfato, tato e paladar; tudo para o seu deleite. No entanto, a vida plena muda com a chegada de um homem-anjo o qual ela nomeou “Meu”. Ao levar esse pequeno pedaço divino pra casa ela se depara com os desejos do outro – no caso, os desejos da sua mãe, Haiága. Assim, Maria experimenta sentimentos tão escuros quanto a terra: o ciúme, a posse.

Axelrod da Proporção é o trem-território movente das especulações do professor de História, o Sr. Axelrod Silva, passageiro, sobrinho de Haiága. Em Axel, a história roda, gira de cima abaixo revelando o homem em múltipla dimensão: um olho de espanto, outro de encanto. Conhece-se, assim, as camadas do humano, suas relações com o pai, com o divino, com os dogmas, com suas certezas demolidas.

COLETIVO TOMBADO – O Coletivo Tombado é formado por artistas de rica experiência na técnica e poética da Dramaturgia Abertura e com vida profissional dedicada ao teatro. O grupo, em parceria com o ME VER, amplifica as possibilidades de abertura no processo criativo ao explorar as dimensões da criação dramatúrgica por meio do audiovisual e da tecnologia, incluindo transmissão ao vivo via internet. Nesse projeto, oColetivo Tombado agrega a pesquisa do ME VER e alcança uma camada cinematográfica na sua proposta cênica.

FICHA TÉCNICA
Adaptação livre da obra Tu não te moves de ti de Hilda Hilst
Direção: Márcio Menezes
Direção Musical: Mateus Ferrari
Coordenação Técnica e Iluminação: Marcelo Augusto
Elenco: Alexandra Medeiros, Camila Guerra, Tati Ramos, André Araújo, André Reis e Mateus Ferrari
Músicos: Hélio Miranda, Lucas Muniz e Mateus Ferrari
Audiovisual, TI e IV: Guilherme Carvalho, Nina Orthof e Hieronimus do Vale
Figurinos: Cyntia Carla
DJs: Ops e Barata (Coletivo Criolina de DJs)
Fotografia: Andrés R Marins
Produção e Administração: Ana Wadovski
Realização: Coletivo Tombado
Parceria: CEDA, ME VER, Criolina