SIMBAD, O NAVEGANTE – CIRCO MÍNIMO (SP)

simbad-o-navegante480

 

Escolhido pelo jornal O Estado de São Paulo como o Melhor Espetáculo Infantil de 2015 e vencedor de quatro categorias do Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem (antigo FEMSA): Melhor Espetáculo Infantil, Melhor Ator, Melhor Iluminação e Melhor Direção. ‘Simbad, o Navegante’ é uma adaptação da história clássica de ‘As Mil e uma noites’, contada com um cenário todo formado por bambus. Dois atores criam mundos, ilhas, barcos, baleias, pássaros gigantescos, tempestades e perigos, manipulando estruturas de bambus que dão suporte para as acrobacias. No original, dois Simbads de diferentes profissões representam a dualidade do ser humano. No espetáculo, quem conta a história são dois palhaços que se confrontam o tempo todo, na clássica situação de dois artistas mambembes que vão de cidade em cidade contando suas histórias e brigando para ver quem será o herói.

O CIRCO MÍNIMO foi criado por Rodrigo Matheus, em 1988, com o espetáculo de mesmo nome. Desde então, tem acumulado vários prêmios para espetáculos como “Prometeu” (1993), eleito Melhor Espetáculo do Festival de Curitiba de 1996; e “Deadly” (1997), vencedor do Total Theatre Awards – People’s Choice, melhor espetáculo de Teatro Físico, na opinião do público do Fringe Festival de Edimburgo, Escócia. Em 2003, a companhia montou seu primeiro espetáculo infantil, “João e o Pé de Feijão”, dirigido por Carla Candiotto. Simbad é a quarta encenação da companhia especialmente criada para crianças.

Com Ronaldo Aguiar e Rodrigo Matheus

Direção Carla Candiotto

Texto Alexandre Roit, Rodrigo Matheus e Carla Candiotto a partir de “As Mil e Uma Noites”

Realização

Patrocínio

Apoio

Incentivo e fomento

Este projeto é realizado com recursos da Lei de Incentivo à Cultura do Distrito Federal e do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal.